Saturday, October 21, 2006

Rodrigo Santoro no Lost

Esta temporada do Lost está aquém das expectativas. Não que não esteja ainda interessante, mas o fato é que os autores criaram tantos parênteses que está ficando cada vez mais complicado darem um desfecho crível. Não vejo possibilidades de haver um final que não seja Deus ex machina (ironicamente o nome de um dos episódios). De qualquer maneira, não me entendam errado, a série ainda continua interessante.

O Rodrigo Santoro fez uma aparição curta no terceiro episódio que se passou em 18 de outubro. Curta, mas importante. Dá para notar que o personagem, Paulo, veio para ficar e que vai crescer ao longo da série. O inglês que ele ensaiou está bem legal, ele é um ator muito determinado e com certeza vai resolver as deficiências que ele tem com a língua rapidamente. No episódio, o inglês estava afiado, mas em uma entrevista para um programa ele cometeu um erro bem sutil, difícil para um estrangeiro perceber, mas perceptível para um nativo. Ele pronunciou steroids quase como se pronuncia asteroids. A entrevistadora foi de certo modo grosseira, porque certamente ela entendeu o que ele queria dizer. Mas isto é um bom sinal, aqui só se costuma corrigir um estrangeiro quando ele fala muito bem inglês. Veja o vídeo aqui (em 00:39). Ele também apareceu no Good Morning America da própria ABC. Dá para notá-lo um pouco apreensivo, mas o inglês saiu bem, mas dava para notar a concentração. Veja o vídeo aqui (em 03:01).

Como eu passei muito tempo sem postar, fiz um esforço maior e separei a cena do Santoro que eu gravei no meu Windows Media Center que funciona como um TiVo. Além disso eu tive o trabalho de colocar legendas em português uma vez que todas as cenas no YouTube não tinham legendas. Divirtam-se:




Pronúncia de steroid:


Pronúncia de asteroid:


Post Anterior sobre a filosofia de Lost:

Lost

6 comments:

Hemeterio said...

Uêba! O Z farda mas não talha!!

Lost é tocado com extremo cuidado pelos produtores, acho que seria um suicídio artístico para todos se a série terminasse como algo do tipo: estão todos mortos ou os Outros são aliens! Sei que a série terminará com um filme, então, aguardemos, pois.

A América parece ter tolerância com o inglês macaqueado pelos estrangeiros, já que nos grotões do país a coisa também não é fácil. Trajetória mais complicada devem ter tido o Schwarzenegger ou o grande Omar Shariff, mas acho que, sem trocadilho, o Santoro tira de letra.

leila said...

Ele falou a palavra errada, mas acho que a pronúncia dele tava bonitinha na entrevista. Aqui nos EUA as pessoas estão acostumadas com sotaques estrangeiros, e é obviamente esperado que os atores de fora falem com sotaque. Salma Hayek, Antonio Banderas, Penelope Cruz, Arnold Schwarzenegger, todos têm sotaque e se deram super bem em suas carreiras em Hollywood.

Zarastruta said...

H.

Sei não. A coisa está fora de controle no Lost. Não consigo enxergar um final convincente. E sim, o Santoro está indo bem.

L.

O Santoro já estorou. Espera até sair o filme 300 em março do ano que vem.

Michel said...

Concordo! A impensa brasileira ja desceu o cacete no cara pq so aparece poucos segundos e tem 3 falas e uma repete. Mas o cara eh chamado pra serie de maior sucesso atualmente, como personagem fixo. Esse pessoal eh foda.

Branca said...

Eu assistia sempre Lost, mas acabei desanimando um pouco...acho que perdeu um pouco o "rumo!rs
Vamos dar uma "forcinha" pro Santoro né gente, afinal não é sempre que um ator brasileiro é convidado para participar do "mundo americano"...
Ele tem crédito, já fez comercial, teve uma participação no filme das Panteras e agora uma Série de sucesso! O menino está crescendo sem dúvidas.

Z, que bom que você voltou a postar!
Obrigada pela visita...rs

beijos

Zarastruta said...

Branca,

Lost está pegando ritmo novamente. Acho que eles colocaram também o Santoro pelo interesse do Brasil na série.